Tom Cruise corrigiu o final de Missão: Impossível – Nação Secreta com uma decisão

Tom Cruise corrigiu o final de Missão: Impossível – Nação Secreta com uma decisão

O editor Eddie Hamilton, que também participou da entrevista, lembrou como a sequência final estava falhando com o público de teste até que Cruise fez uma sugestão para reestruturar a trilha sonoro e, assim, o próprio filme.

“O primeiro corte de Nação Sereta… o público nos primeiros testes estava dizendo que parecia que o filme tinha cinco finais. Tom disse: ‘Não, não, não, apenas ouça a música. Cada cena com a pontuação temporária, é, duh-duh! E parece que o filme acabou’. E ele disse a Joe Kramer: ‘Apenas escreva uma peça de 20 minutos que toque os dois últimos rolos inteiros, como se fosse uma sequência’. E a pontuação [teste] subiu, e todas as dúvidas foram embora”.

Vale lembrar que quando a pandemia estava em seu auge, um áudio foi compartilhado na internet onde Cruise chama a atenção de dois membros da equipe que não estava seguindo os protocolos de proteção contra COVID-19.

Apesar do grande lançamento do primeiro filme me 1996, a franquia teve seus altos e baixos, principalmente pela constante mudança de diretores.

Até que em 2015 Christopher McQuarrie foi escolhido para dirigir Nação Secreta, que aumentou a qualidade da franquia e fez o filme arrecadar cerca de US $ 683 milhões em todo mundo.

Formado em Administração e Psicologia, e também fez curso de desenho. Fã de games, desenhos animados, séries e filmes.