Saúde continua busca ativa para aumentar cobertura vacinal em Foz do Iguaçu

Na tentativa de evitar novos surtos epidemiológicos, com uma lista em mãos, agentes comunitários de saúde da Prefeitura Municipal estão batendo nas portas dos iguaçuenses que não completaram o esquema vacinal do Covid-19. A busca ativa é uma das ferramentas para evitar um cenário negativo na rede pública de saúde. 

Durante a abordagem, feita também por telefone, os agentes ainda observam se naquela residência moram pessoas que deixaram de tomar algum imunizante, além da vacina contra a Covid-19. Quem está atrasado com outras doses previstas no calendário nacional pode estar vulnerável às demais doenças, como influenza, sarampo, entre outras.

Outra medida adotada pela Secretaria de Saúde é a adesão ao Dia D de Vacinação que acontece no próximo sábado (20). “Todos precisam aproveitar a Campanha de Vacinação, com frequentes datas de atendimento aos sábados, para levar os filhos ou ainda receber alguma dose que está atrasada”, disse Márcia Batista, diretora da Atenção Básica.

A diretora ressalta que os índices de vacinação são cada vez menores e isso pode trazer de volta doenças consideradas eliminadas, provocar lotação de leitos hospitalares e aumentar o número de óbitos, como no caso da Covid-19. Ela explica que muitas doenças são prevenidas ou têm os sintomas reduzidos quando a vacinação está em dia.

Quem deixou de tomar alguma dose da vacina contra a Covid-19 ou outro imunizante deve procurar uma Unidade Básica de Saúde próxima de sua residência. Basta levar documento de identificação, comprovante de residência e, se tiver, a carteirinha de vacina. As vacinas estão disponíveis nas 29 UBS’s, durante os horários de atendimento.