Joseph Kennedy Jr: o Kennedy que morreu na Segunda Guerra Mundial

Éric Moreira, sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 13/08/2022, às 09h00 - Atualizado em 21/08/2022, às 17h00

Como primogênito da família, ainda jovem Joseph Kennedy chegou a adquirir grande senso de responsabilidade, o que era uma de suas características que mais viriam a chamar a atenção e fazia com que todos ao seu redor o admirassem grandemente. Dessa forma, era destaque em quesito acadêmico e atlético em sua escola, e também servia como coroinha na Igreja de St. Aidan — além de sempre defender sua família quando eram criticados pela herança irlandesa e fé católica.

Logo, para que fosse preparado para sua futura carreira política, conforme os planos da família, seus pais o enviaram à The Choate School (agora conhecida como Choate Rosemary Hall), uma prestigiosa escola preparatória em Wallingford, no Estado de Connecticut.

Eventualmente, o jovem Joe Kennedy Jr. foi admitido na Universidade de Harvard mas, antes de se matricular de fato, passou um ano estudando na London School of Economics, onde aprendeu teoria econômica e viajou pela Europa para ver como eram outros sistêmas econômicos na prática. Então, em 1934, entrou em Harvard e lá continuou sendo visto como um grande líder e inspirando aqueles ao seu redor.

Antes de chegar a seu último ano da faculdade de direito de Harvard, Joseph Kennedy Jr. iniciou seu treinamento como oficial da marinha dos Estados Unidos — por vontade própria, indo em direção oposta ao que seus pais gostariam. Logo, em 1942, se tornou aviador naval e conquistou bastante respeito e prestígio, sendo considerado um comandante de avião de patrulha experiente e especialista em controle de rádio.

Posteriormente ele veio a se oferecer para realizar missões mais perigosas durante a guerra. Então, em 1944 esteve presente na missão secreta de bombardeio chamada de 'Operação Afrodite', que consistia em sobrevoar uma região da França, sob bombardeio, para um local de lançamento de foguetes alemães, e então armar explosivos em seu avião e saltar de paraquedas antes que as bombas fossem detonadas.

Seu sucesso mundano era tão certo e inevitável que sua morte parece ter cortado a ordem natural das coisas", escreve John F. Kennedy no livro, se referindo a seu irmão mais velho.

O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.