Drogas psicodélicas podem ser adotadas por empresas nos EUA

A cetamina já é utilizada no ambiente de trabalho de algumas empresas do país

O uso de drogas no ambiente de trabalho ainda é considerado um tabu nos Estados Unidos, mas é um costume que vem começado a se popularizar nos últimos anos. Assim, algumas empresas têm começado a adotar o uso de cetamina em terapia assistida a seus funcionários, o que vem impactando positivamente a qualidade de saúde deles.

Shane Metcalf, cofundador e diretor na desenvolvedora de softwares 15Five, conta que planeja tornar sua empresa a primeira de tecnologia do país a oferecer benefícios psicodélicos, ainda esse ano.

A companhia, por sua vez, estaria seguindo mesmo modelo da marca de sabonetes Dr. Bronner's, que foi uma das primeiras de todo o país a testar o novo tratamento, segundo informações apuradas pela Folha de São Paulo. 

Não estamos falando de uso recreativo", lembra Shane Metcalf. "É uma experiência completamente diferente tomá-la com um terapeuta que o está orientando e permitindo que você adquira uma nova perspectiva."

Segundo Steven Huang, funcionário da interseção de diversidade, equidade e inclusão e psicodélicos na Associação Multidisciplinar de Estudos Psicodélicos, fazer da terapia psicodélica um benefício para os funcionários ajuda a resolver "muitos problemas" em torno da acessibilidade à substância e segurança de uso, além de ajudar a quebrar os estigmas em torno do tema, como informado pela Folha de S. Paulo.

Além do mais, o profissional, que trabalhou também no RH de empresas de tecnologia maiores como o Facebook e a Square, viu outras companhias oferecerem diferentes serviços para auxiliar no bem-estar de seus funcionários. Ele ainda acrescenta que a terapia assistida com cetamina é, além de acessível, extremamente funcional.

Quando você tem pessoas se curando, [elas] vão tratar as pessoas melhor. Vão se preocupar mais com o ser humano como um todo, em vez de vê-los como engrenagens transacionais na máquina", diz Shane. "Existe uma maneira melhor de fazer negócios."

O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.