Zico relembra de época quando o Flamengo não era uma 'Nação' no Brasil: 'Não tinha um gato pingado'

Zico relembra de época quando o Flamengo não era uma 'Nação' no Brasil: 'Não tinha um gato pingado'

Maior ídolo da história do clube rubro-negro falou sobre o crescimento nacional da torcida do Flamengo a partir dos anos 80

Em entrevista ao podcast "Reis da Resenha", da Jovem Pan, o Galinho de Quintino comentou sobre o crescimento da torcida do Flamengo em nível nacional e lembrou que na época em que era começou entre os profissionais do clube, os torcedores rubro-negros não compareciam em peso aos jogos fora de casa.

‘’Lógico que isso no Flamengo no Rio de Janeiro que sempre foi o máximo, virou a tão sonhada Nação, que hoje onde o Flamengo vai, lota os estádios.’’, começou por afirmar:

Eu joguei aqui em 1971, começando no profissional e não tinha um gato pingado no Morumbi, no Parque Antarctica, na Bahia, não tinha. Se não fosse um ônibus da torcida do Rio, não tinha ninguém

‘’’’, concluiu o ex-jogador.

Aquela geração [anos 80] triplicou a torcida do Flamengo, com certeza. Eu sei do que eu represento