Aos 75 anos, vovó comanda negócio que produz 55 mil bolos por dia

A Casa de Bolos é apenas um exemplo, neste Dia dos Avós, de que a terceira idade está cada vez mais ativa na economia

nova geração de avós está cada vez mais socialmente e economicamente ativa.

Segundo um estudo do IBGE, realizado em 2019,

os 50+ movimentam R$ 1,8 trilhão por ano e muitos deles tornaram-se empreendedores. Atualmente, eles representam 7,3% dos novos donos de negócios do país.

Sua história de empreendedorismo começou quando Rafael, o filho caçula, perdeu o emprego e a família se viu obrigada a encontrar uma maneira urgente de complementar a renda para fechar as contas do mês.

A ideia de abrir uma loja e fazer bolos caseiros ganhou não só as ruas do centro da cidade, como também aquelas que passaram a encomendar as iguarias e fazer o famoso "boca a boca", a propaganda mais eficaz do mundo.

De bolo em bolo, o negócio prosperou e a combinação das talentosas mãos da Vó Sônia e o desprendimento do filho levou a Casa de Bolos ao sucesso logo nos primeiros anos, impulsionando-os a franquear. As primeiras unidades foram na região de Ribeirão Preto, mas, tão logo Vó Sônia foi compartilhando sua experiência, mais longe os bolos foram conquistando espaço.

Hoje, a Casa de Bolos possui mais de 400 lojas pelo país e uma produção diária de 55 mil bolos em toda rede, totalizando 1,3 milhão de bolos por mês.

A rede oferece um cardápio de mais de 100 sabores de bolos, incluindo versões diet, integral, funcional, bolo caseiro no pote e baby, além de tortas, cucas e bolos de aniversário. O objetivo da família é conquistar cada vez mais clientes com o carinho que cada bolo proporciona, uma experiência do simples e familiar, além de levar sabor, variedade e qualidade com as receitas feitas pelas mãos da Vó Sônia e, assim, garantir a satisfação aos mais diversos paladares.