Brasil

Ex-reitores e ex-reitoras de universidades públicas assinam "Carta pela Democracia"

De acordo com o texto, Lula representa a 'única candidatura capaz de abrir uma nova etapa histórica de diálogo para o futuro democrático da nação' edit

O documento apontou que o Brasil tem 68 universidades federais, sem contar institutos federais de ensino técnico e tecnológico, sistema este constituído a partir de um trabalho de décadas. Painel divulgado recentemente pelo Sou_Ciência e o Instituto Serrapilheira, compilou e analisou um levantamento sobre o financiamento das universidades federais ao longo dos últimos anos, e mostrou a derrocada que estas instituições sofreram, com mais de 50% de queda nos recursos de custeio e de 96% em investimentos.

"Diante de um contexto de ataques à nossa democracia e ao que conquistamos como Estado Democrático de Direito, é necessário, mais do que nunca, nos posicionarmos. Temos fé e confiança na possibilidade de uma grande aliança nacional, transpartidária, em torno de interesses comuns à maioria do nosso povo", disse. 

"Queremos a pluralidade de ideias e a tolerância de todos os credos, a civilidade e a solidariedade humana, e lutaremos pelo fim das perseguições e discriminações contra os que pensam de formas distintas e são diferentes. Queremos uma sociedade construída segundo os preceitos mais elevados da humanidade e com dirigentes democraticamente escolhidos, capazes de valorizar a Educação, a Saúde, a Ciência, a Paz, sempre em defesa da Vida", acrescentou. 

O manifesto lembra que, nos últimos dois anos e meio, as universidades públicas realizaram milhares de ações em mais de 500 municípios, dando cobertura a mais de 40 milhões de pessoas, como demonstram os dados do painel do SoU_Ciência. Ações que incluíram desde as pesquisas sobre vacinas e métodos diagnósticos e tratamentos, como também o atendimento de comunidades mais vulneráveis, o combate à fome e à pobreza, além das ações de comunicação para combater as notícias falsas que tornaram ainda mais letal essa doença avassaladora.

"É com este intuito que ex-reitores e ex-reitoras aqui presentes manifestam seu apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República em 2 de outubro de 2022. Por essa razão, nos agregamos a inúmeras entidades da Sociedade Civil, coletivos, brasileiros e brasileiras que, juntos e juntas, estão convocados a atuar vigorosamente no processo eleitoral para construir a vitória da única candidatura capaz de enfrentar e vencer as forças retrógradas e antidemocráticas e abrir uma nova etapa histórica de diálogo para o futuro democrático da nação", disse um trecho do manifesto.

Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247